Notícias

000394 – 19.02.2014 - Temporal em Brasília teve 370 Raios, três vezes mais que o normal

Com forte chuva, alagamentos, inundações, árvores caídas e carros submersos, os brasilienses viveram muitos estragos em um curto período de tempo na noite da última quinta-feira. Para piorar a situação, durante o temporal, caiu um número quase três vezes maior de Raios do que o considerado alto num período de 24 horas. Segundo o Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Elat/Inpe), 370 Descargas Elétricas Atmosféricas atingiram a capital durante esse dia. A partir de 100 registros, a quantidade é considerada alta pelo órgão. Um desses Raios atingiu uma tenda instalada em frente ao Museu Nacional para o 1º Simpósio Nacional do Movimento Junino. O evento reunia 200 pessoas. Dessas, 39 ficaram feridas. As vítimas foram liberadas do Hospital de Base do DF duas horas mais tarde sem ferimentos graves. Por uma série de fatores, o Distrito Federal registra alta incidência do fenômeno. “Em função do clima e de ser uma área alta e mais plana em cima, temos um alto número de Raios. O regime de ventos também influencia. Na época de chuvas, há muitas tempestades e, aí, mais Raios”, explica o professor de engenharia elétrica da Universidade de Brasília (UnB) Mauro Moura. “Quanto mais luminosidade e maior o barulho do trovão, maior a potência”, detalha. Fonte e Imagem: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/02/15/interna_cidadesdf,412986/temporal-em-brasilia-teve-370-raios-tres-vezes-mais-que-o-normal.shtml  

Postado em 20/02/2014

Meus Livros

Clique sobre o livro para comprar!

Parceiros