Notícias

000320 – 07.12.2013 - 30 mil Raios em 4 horas no interior do Paraná

Entre meia-noite e 4 h da madrugada desta segunda-feira (2), o Instituto Tecnológico SIMEPAR registrou aproximadamente 30 mil Raios sobre as regiões noroeste, oeste, central e Campos Gerais do Paraná. De acordo com o meteorologista Samuel Braun, o ambiente instável, com ar quente e úmido vindo da região amazônica, pode ter sido a causa da intensa atividade elétrica gerada no estado. Segundo Braun, o Sistema de Detecção de Descargas Atmosféricas do SIMEPAR identificou que as cidades mais atingidas pelos Raios foram Campo Mourão, Cascavel e Guarapuava. “Normalmente, essas cidades registram cerca de oito a dez Raios por quilômetro quadrado por ano, o maior índice do estado. O fenômeno dessa madrugada provavelmente ultrapassou a média”, explica. Outras cidades que registram anualmente este mesmo índice são Morretes e Antonina, no litoral do Paraná e as cidades mais próximas à Serra do Mar. Já na região dos Campos Gerais, o número de Descargas Elétricas Atmosféricas – Raios,  fica entre três a quatro Raios por quilômetro quadrado. Além das Descargas Elétricas Atmosféricas - Raios, os municípios que estavam sob o sistema meteorológico desta madrugada também registraram pancadas de chuva e ventos fortes. A estação do SIMEPAR em Ponta Grossa identificou ventos moderados a 50 quilômetros por hora. Em Maringá, no norte, e em Assis Chateaubriand, no oeste, as rajadas chegaram próximas aos 60 km/h. O maior registro foi nas cidades de Icaraíma e Diamante do Norte, no noroeste, com ventos a 70 km/h. Fonte e imagem: http://www.aquiagora.net/noticias/ver/39061/Tempo_instavel_causa_cerca_de_30_mil_raios_em_4_horas_no_interior_do_Parana

Postado em 03/12/2013

Meus Livros

Clique sobre o livro para comprar!

Parceiros